Old Friends

 

Ontem à noite liguei a televisão e ouvi um som. Um som maravilhoso! Ao olhar, vi dois velhadas, lado a lado. 62 anos, disseram!
Desci, numa correria louca, os degraus do tempo e parei no patamar dos meus discos velhinhos. Das entranhas dos meus discos saíram, já não as vozes de ontem, mas as maravilhosas vozes de tempos passados. Por mim passaram anos felizes, em catadupa, uns atrás dos outros. Com eles, o som desbravou o éter à minha frente e vi passar a imagen daqueles rapazes pelo meu nervo óptico, até chegar à imagem do Colisu de Roma.

Old Friends, Cecília, El condor Pasa, Bridge Over Troubled Water, The Boxer, he Sound of Silence, ... e tantas outras belas músicas que sempre me acompanharam pelos anos fora. Meus amigos, estava mesmo com saudades do Paul Simon e do Garfunkel.

 

 

 29reun.jpg

 

Deixo na vossa imaginação esta maravilha!

Old friends, old friends,
Sat on their parkbench like bookends
A newspaper blown through the grass
Falls on the round toes
of the high shoes of the old friends

Old friends, winter companions, the old men
Lost in their overcoats, waiting for the sunset
The sounds of the city sifting through trees
Settles like dust on the shoulders of the old friends

Can you imagine us years from today,
Sharing a parkbench quietly
How terribly strange to be seventy

Old friends, memory brushes the same years,
Silently sharing the same fears
 

O Ventor gosta de música e de instrumentos musicais e, entre eles, um dos mais apreciados é a gaita galega, como dizíamos em Adrão, 50 anos atrás

sinto-me: cheio de música
música: Old Friends de Simon&Garfunkel
tags:
publicado por Ventor às 20:49